1673

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Câmara Municipal de
Ilhéus

Mês da Mulher: Propostas discutidas em audiência pública na Câmara de Ilhéus serão enviadas aos órgãos competentes

16/03/2023 às 18h47

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Como atividade do Mês da Mulher, a Câmara Municipal de Ilhéus realizou na manhã desta quinta-feira (16), Audiência Pública com o tema “Democracia: caminho para a igualdade”.  A audiência foi proposta pela Frente Parlamentar das Mulheres, através da vereadora Enilda Mendonça (PT), que dedicou um minuto de silêncio pelos cinco anos sem resposta da morte de Marielle Franco e de Caroline Fernandes, “mulheres que foram silenciadas em nossa história". 

De acordo com a vereadora Enilda, após a audiência, todas as proposições que foram discutidas serão incluídas em uma carta aberta à população, com destino também aos órgãos competentes.

Coordenadora do Grupo de Estudos Direito e Feminismos e do Projeto de Extensão Serviço de Referência dos Direitos da Mulher, a professora Aline Setenta afirmou que o dia da mulher não é só entregar flores. "Esse esvaziamento de sentido sobre o dia é algo importante pra gente ficar atento. Ele serve para tirar o real sentido desta data que é o momento que estamos vivendo hoje, de mobilização e reflexão sobre a luta das mulheres".

A Professora de Filosofia e coordenadora do grupo Juventude Presente Nelson Costa, Amanda Silva, lembrou que este é um mês político, “um dia para refletir como é ser mulher no Brasil e quais as lutas que enfrentamos diariamente. A mulher da democracia sempre é sinônimo de luta, porque para nós nunca nos foi dado nada de graça”, destacou.

O encontro contou com mulheres representando representantes de diversas instituições, como Camila França - da Delegacia da Mulher; Flávia Alessandra - do Comitê de Mulheres da UESC; Ana Cristina Carabraro - Vice-presidente do PCdoB; Maj. PM Joilma Cordeiro - da CIA. 68º; Mirety Di Biachio - representante do Fórum Nacional de Travestis e Transexuais Negras e Negros; a doula Iraiza; Mariza Batista - representando a Defensoria Pública. A deputada Soane Galvão (psb) também se pronunciou através de vídeo, assim como Adélia Pinheiro, atual Secretária de Educação da Bahia.