1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

Câmara de Ilhéus reconhece trabalho do Hospital Materno-Infantil e homenageia direção e trabalhadores pelos 100 primeiros dias de funcionamento

31/03/2022 às 12h15

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Ao participar ontem (30) à tarde da sessão ordinária da Câmara Municipal de Ilhéus, quando recebeu das mãos da vereadora Enilda Mendonça uma placa alusiva aos 100 primeiros dias de funcionamento do Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio - marca alcançada no último dia 17 -, a diretora-geral da instituição, Aline Costa, destacou a importância do novo equipamento, inaugurado pelo Governo do Estado em dezembro do ano passado, no cuidado às mulheres e bebês do sul da Bahia, especialmente os munícipes de Ilhéus, que, até aqui, representam uma média de 80 por cento dos atendimentos e procedimentos realizados na unidade hospitalar.

Aline iniciou seu discurso com agradecimentos pelo reconhecimento e homenagem recebida e salientou o perfil do hospital, que é referência para 20 municípios e está preparado para atendimento às mulheres e crianças de alto risco, com oferta de 105 leitos, sendo destes, 35 de UTI e cuidados intermediários.  “Temos cumprindo o nosso papel, que é de promover, proteger e valorizar a vida”, afirmou.

A Moção de Aplauso direcionada aos diretores e funcionários do hospital foi uma iniciativa da vereadora Enilda Mendonça e contou com a aprovação de toda a Câmara Municipal, num reconhecimento do parlamento ilheense ao trabalho de humanização do parto – princípio básico do Sistema Único de Saúde - que vem sendo promovido no hospital materno-infantil, através da parceria firmada entre a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e Fundação Estatal Saúde da Família (FESF SUS), gestora da instituição.

“Com a entrega desta unidade de saúde pelo Governo do Estado percebemos uma melhora significativa no serviço prestado ao nosso município, beneficiando, ainda, cidades vizinhas. Pude recentemente, durante visita ao hospital, constatar toda a eficiência e dedicação dos trabalhadores e trabalhadoras da saúde envolvidos no êxito alcançado”, disse a parlamentar Enilda, ao justificar a sua iniciativa.

Números significativos

Nos 100 primeiros dias de funcionamento, o setor de Obstetrícia do hospital realizou aproximadamente 700 partos. Deste total, 120 foram assistidos no Centro de Parto Normal e acompanhados por uma enfermeira obstétrica, um dos pilares da humanização do SUS. A cada 100 partos realizados, em média, 28 foram de alto risco.  No âmbito da emergência, o HMIJS realizou 2.130 atendimentos a gestantes sob demanda espontânea e 987 crianças. Setenta e oito bebês foram internados na UTI Neonatal, tendo como principais causas, a prematuridade e o baixo peso. Para apoio diagnóstico, foram realizados 6.273 exames laboratoriais e de imagem, incluindo ultrassonografia, raio X e tomografia. Garantindo a imunidade contra doenças prevalentes, 815 bebês e 289 funcionários foram vacinados. 

Atuação regional

O hospital materno-infantil de Ilhéus é referência no atendimento a 20 municípios das regiões de saúde de Ilhéus e Valença. Entretanto, neste período de funcionamento, atendeu pessoas residentes de 64 municípios, sendo 53 do estado da Bahia e 11 de outros sete estados brasileiros. “A nossa missão não é ser ilha. É unir esforços, construir pontes e fortalecer a rede regional de saúde”, disse Aline Costa ao ocupar a tribuna da Câmara para agradecer a homenagem em nome de todos os trabalhadores do hospital.