1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

Audiência Pública na Câmara destacará o Setembro Amarelo em Ilhéus nesta quinta

29/09/2021 às 09h29

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O Setembro Amarelo, campanha brasileira de prevenção ao suicídio, será destacado pela Câmara Municipal de Ilhéus, com a realização de uma Audiência pública. A iniciativa, proposta pelo vereador Alzimário Belmonte, o Gurita (PSD), acontece nesta quinta-feira (30), a partir das 15 horas, no plenário da Câmara, com transmissão pelas redes sociais do Poder Legislativo.

O autor da proposta destaca a importância do debate, especialmente neste momento de pandemia. Dados oficiais revelam que são registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de um milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens.

Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias. A campanha – explica Gurita - nasceu com o objetivo de prevenir e reduzir estes números. Cresceu e hoje conquista o Brasil inteiro. 

A Audiência pública será aberta pelo próprio Gurita, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Em seguida, ocorrerá a primeira palestra, tendo como convidada Rozemere de Souza, doutora em Enfermagem Psiquiátrica e docente da UESC, que falará sobre “Depressão e Suicídio: causas e consequências”. Logo depois, “As Causas do Suicídio” será o tema da palestra da psicóloga Deusemeire Herculano.

A terceira palestra será remota, com a participação de docentes do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Ilhéus. “O tratamento para a depressão”, será tema do neuropsicólogo, doutor Gentil. O evento será encerrado com uma palestra do médico André Cezário, secretário municipal de Saúde, que versará sobre “Planejamento da Sesau na prevenção à depressão”.

Quinta movimentada

 

Nesta quinta-feira (30), a Câmara de Ilhéus realizará duas audiências públicas, valorizando uma tendência desta atual legislatura em debater temas de importância social com a população. Esta, sobre o Setembro Amarelo, acontece a partir das 15 horas. Mas, os trabalhos serão abertos pela manhã, às 9 horas, também com transmissão ao vivo pelas redes sociais, quando serão discutidas as políticas públicas para os povos tradicionais de terreiro e religiões afrodescendentes. Esta iniciativa partiu dos vereadores Cláudio Magalhães (PCdoB) e Enilda Mendonça (PT), sendo subscrita pelos colegas Augusto Cardoso, o Augustão (PT) e Vinícius Alcântara (PV).