1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

1ª. Audiência Pública da Soares Lopes acontece nesta sexta, às 14h, com transmissão ao vivo

26/08/2021 às 16h23

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A 1ª. Audiência Pública da Comissão da Avenida Soares Lopes – criada pela Câmara Municipal de Ilhéus – vai acontecer nesta sexta-feira (27), às 14 horas, no Palácio Teodolindo Ferreira, sede do Poder Legislativo. Com transmissão ao vivo pelas redes sociais, a população poderá se manifestar a respeito da discussão sobre o futuro de uma das áreas mais nobres da região central do município.

Três temas estarão em pauta nas discussões: Projeto Paisagístico de Roberto Burle Marx (1985), o Plano de Desenvolvimento Local e Integrado (1986) e o Projeto Orla (2007). O evento terá como convidados Bruno Sitta, Alan Dick Megi, Marilene Lapa, Ruth Colares, Tatyana Bonfim e Matheus Galvão. A audiência Pública é mais uma importante etapa do cronograma elaborado pela comissão, composta por sete vereadores e presidida pelo parlamentar Vinícius Alcântara (PV).

Paralelamente à audiência, segue a escuta pública presencial (recepção da Câmara) ou online (https://forms.gle/8PYmL9NZQptuDA2aA) onde a população poderá opinar sobre o futuro da avenida e quais são hoje os seus principais problemas. A avenida seria uma área para novos empreendimentos públicos? Ou espaço apenas para lazer e entretenimento? Você conhece a biodiversidade da praia da avenida? Costuma ir com frequência à Soares Lopes? Que problemas você enxerga nela? Já ouviu falar no Parque Marinho Pedra de Ilhéus? Estas são alguns perguntas que constam no questionário.

De acordo com Vinícius Alcântara, o resultado deste trabalho irá servir como base para a elaboração de um parecer da Comissão da Avenida Soares Lopes. “O formulário tem três objetivos”, destaca Vinícius: subsidiar os trabalhos da Comissão Especial, ouvir a comunidade de forma qualificada e estimular que as mudanças aconteçam de forma participativa. “Política pública se faz com análise de dados, participação comunitária e conhecimento”, assegura o parlamentar.

A Comissão realizará outras agendas importantes nos próximos 90 dias, prazo em que a comissão deverá apresentar um parecer técnico sobre a Soares Lopes e sua ocupação. Serão realizadas audiências públicas, setorizadas e institucionais.