1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

Gerente Regional do INSS, Eduardo Borges, e juiz Guilherme Barros Jr. recebem título de cidadão ilheense

26/05/2022 às 10h22

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Na tarde desta última quarta-feira, 25, a Câmara de Vereadores de Ilhéus realizou a entrega do título de Cidadão Ilheense a Eduardo Borges Fernandes, gerente regional do INSS, e ao Juiz Guilherme Barros Júnior, devido aos serviços prestados pelos mesmos ao município de Ilhéus. Os títulos foram propostos pela vereadora Ivete Maria (DEM), em 2021, onde ressaltou que “para pessoa receber o título de cidadão, é imprescindível que tenha relevantes serviços prestados a Ilhéus, como no caso dos outorgados”, afirmou. 

O presidente da Casa Legislativa, Jerbson Moraes, parabenizou a vereadora Ivete pela proposição e ressaltou a importância do Juiz Guilherme Barros para Ilhéus. “Guilherme é aquele juiz que nasceu para exercer a função de magistrado. Trata os advogados de uma forma educada, e a gente percebe a sua responsabilidade, credibilidade e vemos o seu amor por cumprir o seu papel na Vara Criminal pelo bem de Ilhéus”, ressaltou Jerbson. 

Eduardo Borges Fernandes está em Ilhéus há 6 anos. Começou atuando como Assistente Social da agência e sempre tratou a todos com muito carinho, tanto o assegurado como os servidores. A vereadora Ivete, destacou que “na época tinham mais de 50 servidores e Ilhéus só teve a ganhar com a sua vinda, não só a nossa cidade como também as demais regiões que vem atuando como gerente e assistente social. Eduardo é exemplo como servidor e colega”, declarou.   

Guilherme Vieito Barros Junior é juiz, natural de São Paulo, filho de Guilherme Vieito Barros e Maria Lúcia Gomes Vieito Barros. Esposo de Celice Fernandes, pai de Helena Fernandes Vieito Barros. Já atuou como juiz substituto nas comarcas de João Dourado, Lapão, São Sebastião do Passé, São Gabriel, dentre outras. Atuou também como Juiz eleitoral nas Comarcas de Catu, Irecê e Ilhéus, estando nesta comarca desde 2015 como juiz titular.