1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

Câmara de Ilhéus apresenta Moção de Aplausos em favor da UESC - Universidade Estadual de Santa Cruz

Fonte: ASCOM
19/09/2019 às 10h30

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), pela primeira vez, alcançou os critérios para entrar na lista mundial de universidades classificadas pelo ranking do THE "Times Higher Education". A UESC foi citada no ranking em 45º lugar entre as brasileiras, precedida na Bahia somente pela UFBA, o que evidencia a excelência com que a instituição tem sido conduzida pela comunidade acadêmica a ela vinculada, o que reflete, inegavelmente, no desenvolvimento socioeconômico da cidade de Ilhéus e, por extensão, da região sul da Bahia, disse o vereador Gil Gomes.

Em razão disso, na sessão da última terça-feira (17) o Vereador Gil Gomes apresentou uma Moção de Aplausos direcionada àquela instituição de ensino, parabenizando todo o corpo docente e discente pela inegável contribuição para o desenvolvimento da educação superior pública da região sul da Bahia.

A UESC teve sua origem nas escolas isoladas criadas no eixo Ilhéus/Itabuna, na década de 60. Em 1972, resultante da iniciativa das lideranças regionais e da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC), as escolas isoladas (Faculdade de Direito de Ilhéus, Faculdade de Filosofia de Itabuna, e Faculdade de Ciências Econômicas de Itabuna) congregaram-se, formando a Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna - FESPI.

No momento, a Universidade Estadual de Santa Cruz investe maciçamente no processo de informatização acadêmica, na melhoria do seu acervo bibliográfico e aprofunda e deflagra um bom número de projetos de pesquisa e atividades extensionais.

Na área extensional, a UESC parte para o importante desafio de atender às demandas da comunidade regional, especialmente neste momento de aguda crise econômica e social, conseqüente das dificuldades sofridas pela monocultura cacaueira. A instituição tem procurado criar programas interativos com empresários, produtores rurais, associações civis, num esforço conjunto para a busca de novas alternativas para o desenvolvimento regional e para solução de problemas vitais para a comunidade, a exemplo do trabalho que ora lidera no sentido da recuperação da bacia hidrográfica formada pelos rios Cachoeira, Colônia e Salgado, em torno dos quais vive uma população de cerca de 500 mil habitantes.

No campo essencialmente cultural, participa de programas e projetos de atualização do magistério de 1º e 2º graus, com a criação do comitê regional, em convênio com a Fundação Biblioteca Nacional, do PROLER. Esse importante programa de porte nacional congrega representantes de toda a área geográfico-cultural influenciada pela UESC, o que reitera a relevância da instituição, que merece o reconhecimento da comunidade, conforme defendeu na tribuna o Vereador Gil Gomes.