1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

Câmara aprova PL que obriga que a cada 100 empregos gerados na construção pesada, 70 sejam destinados a trabalhadores locais

12/08/2021 às 14h00

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Convidado pelo vereador e sindicalista Luciano Luna (PV), participou hoje (10) da sessão ordinária na Câmara Municipal de Ilhéus, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav-Bahia), Irailson Gazo. Ele veio a Ilhéus pedir apoio do parlamento local para a aprovação de um Projeto de Lei, de autoria de Luna, que prevê a contratação de 70% da mão de obra local pelas empresas que atuam no ramo de construção civil em grandes empreendimentos sediados em Ilhéus. Deste índice, conforme o PL, 20 por cento devem ser destinados às mulheres locais. O PL foi aprovado pela Câmara.


“É inadmissível que um investimento de 2,5 bi de reais seja destinado a um só projeto da cidade sem a participação expressiva dos trabalhadores locais”, afirmou, numa referência direta à construção do Porto Sul. De acordo com Gazo, quando a lei estiver em vigor, o município “ao invés de pedir passará a exigir” espaços para os trabalhadores locais. Gazo destacou que o Brasil tem 14 milhões de pessoas desempregadas e, a Bahia, um milhão de trabalhadores sem espaço no mercado de trabalho. “Por isso é importante que Ilhéus diga: farinha pouca, meu pirão primeiro”, oportunizando aos trabalhadores locais a perspectiva de novos ambientes de trabalho.


Sem favores


“Desta forma, com a lei aprovada, ninguém precisa fazer favor a ninguém”, assegura Gazo “É preciso que as empresas venham ganhar seu dinheiro, mas que deixem uma contrapartida financeira mas que também é social, que visa a inclusão, o incentivo ao primeiro emprego, uma oportunidade ao jovem aprendiz”, destacou. “O estabelecimento de uma legislação local auxiliará Ilhéus no bom andamento das obras e, em contrapartida, favorecerá a população, já que tem por objetivo gerar emprego e renda para os trabalhadores locais e, consequentemente, fortalecer o comércio e a indústria da nossa região”, defendeu Luciano Luna, que também é dirigente do Sintepav-Bahia e da Força Sindical Bahia.


Antes de participar da sessão, Iralson Gazo esteve reunido com o presidente da Câmara, Jerbson Moraes (PSD), a quem destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela atual Mesa Diretora. “A Câmara de Ilhéus foi resgatada. A casa saiu das páginas policiais e passou a ocupar as páginas que interessam a sociedade, a coletividade”, ressaltou. Gazo também destacou a equidade que vem sendo dispensada a todos os vereadores, sem levar em consideração o que pensam e em que lado estão. “Isso faz prevalecer o que temos de mqais importante: a democracia”, finalizou.