1673

Câmara Municipal de Ilhéus

Pular para o conteúdo

"Dia da Mulher não é uma data comercial, é um momento de reflexão fruto de luta", afirma Enilda Mendonça em sessão especial

08/03/2022 às 17h14

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Nesta terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a Câmara de Vereadores de Ilhéus realizou uma audiência pública para debater assuntos relacionados às mulheres . A sessão especial foi proposta pela vereadora Enilda Mendonça (PT), membra da Frente Parlamentar das Mulheres. 

Na abertura da reunião, o presidente do legislativo ilheense, Jerbson Moraes, afirmou que a data é muito importante, lembrando que, atualmente, existem duas mulheres representando a população de Ilhéus no parlamento, e que isso cria um novo ambiente no legislativo. Ainda de acordo com Jerbson, é papel do vereador apresentar políticas públicas para a valorização da mulher. O edil também relembrou projetos de Leis de sua autoria que beneficiam mulheres.

Jerbson transferiu a condução da sessão para vereadora Enilda, que em sua fala inicial destacou o surgimento da celebração. "Essa data é não é comercial, é fruto de luta". Ainda de acordo com a parlamentar, o dia deve ser "demarcado" como um momento de reflexão para questões que envolvem as mulheres em todo mundo, destacando, inclusive, a luta pela vida, em referência aos dados relacionados aos casos de feminícidio. 

A vereadora Ivete Maria homenageou as mulheres lembrando da atual crise internacional ocasionada pela guerra na Ucrânia. "Vi cenas tristes de mulheres fugindo com seus filhos", lamentou. O cenário mundial também foi destacado pela Secretária de Desenvolvimento Econômico de Ilhéus, Soane Galvão, que, em tom de repúdio, citou o vazamento de um áudio de um deputado brasileiro em que afirma que as mulheres ucranianas "são fáceis por serem pobres". "Por mais quanto tempo vamos ser vítimas?", questionou. 

Julieta Palmeira, Secretaria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, afirmou que todo dia é dia de luta para as mulheres, mas enfatizou que o protagonismo da mulher precisa ser mais valorizado. "Mulher necessita do poder do respeito, e política pública tem a ver com o fortalecimento da rede de apoio à mulher", afirmou. 

Maria Amélia, promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia, lembrou que ainda hoje mulheres indígenas e negras continuam sendo tratadas diante de um comportamento sexista, análise reafirmada pela juíza de direito, Sandra Magali, que acrescentou que essa realidade é fruto de uma machismo tóxico e histórico, devendo ser combatido em todos os espaços e instituições. 

A Drª. Marta Lisboa, representante da OAB e Unegro, apontou a importância também do homem no debate diário da luta das mulheres e minorias, que buscam a emancipação dos seus corpos. 

Socorro Mendonça, do Instituto Nossa Ilhéus, parabenizou a vereadora Enilda Mendonça pelo Projeto de Lei de sua autoria recém aprovado, que estabelece paridade ente mulheres e homens nos Conselhos Municipais. Socorro também lembrou dos desafios enfrentados por mulheres a nível municipal, e salientou que todas devem estar unidas para vencê-los.

 Gilvânia Nascimento, da UCME, acredita que a educação é o principal caminho para mudar essa realidade, e defendeu que a questão de gênero deve ser discutida nas escolas. 

A audiência pública do Dia Internacional da Mulher contou ainda com as apresentações artísticas de Eloah Monteiro e Janete Lainha, além da participação de representantes da Aldeia Igalha, ADEFI, Conselho Tutelar, APPI, OAB Ilhéus, Polícia Militar da Bahia, AMATA, Conselho Municipal de Cultura, UNCME, CRAM, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, UESC, Coletivo Flor de Cacau, Tribunal de Justiça da Bahia, Ministério Público da Bahia, Unegro Ilhéus, Defensoria Pública, Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres, Partido Progressista, Partido dos Trabalhadores e Câmara Vereadores de Ilhéus.

O evento foi transmitido on-line pelo Youtube e Facebook. A gravação está disponível por meio do link: https://is.gd/GLbLCb.